sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Inutilidade ou instrumentalidade?


     Olá! Tudo bem? Como você está se sentindo hoje?
     Sabe, às vezes podemos nos sentir muito mal com as cobranças da sociedade. Podemos nos sentir inúteis se achamos que estamos aquém das expectativas. Sentimos que os outros, esses sim, fazem algo de bom, esses sim estão no caminho do sucesso.
     Eu quero dizer uma coisa: se você é um filho de Deus, o que você precisa fazer é ser um instrumento nas mãos dEle. Um instrumento musical, por exemplo, é inútil sozinho. Quando um bom músico o toma e o manuseia, o ambiente ao redor se transforma. E sabe o que mais? Quem é aplaudido não é o instrumento, mas o instrumentista! Ele é quem dá "vida" ao objeto.
     Assim Deus quer fazer conosco, entende? Você pode fazer 50 faculdades, aprender 20 idiomas, ter 5 empregos excelentes; se não for um instrumento nas mãos de Deus onde você estiver, de que vai adiantar isso na ETERNIDADE? Estamos aqui para expandir o Reino de Deus, não para mostrar aos outros que somos alguma coisa. Se você é uma dona de casa, seja instrumento de Deus assim; seja bênção para sua família, seja a melhor dona de casa, seja bênção para os seus vizinhos. Se você sentir que é melhor trabalhar fora, seja a melhor funcionária, glorifique a Deus com a sua honestidade, não enrole. Se você faz uma faculdade, seja instrumento de Deus lá, aproveite cada oportunidade de refletir a luz de Cristo, tenha o caráter de Jesus lá. Se você é um corretor de imóveis, seja instrumento de Deus assim, mostre Jesus, sem defraudar seus clientes.
     Você se sente inútil? Instrumentos sozinhos sempre serão inúteis, mas instrumentos nas mãos do melhor músico de todos (Deus), transformam o ambiente à sua volta. Se é pra me sentir inútil e vazia, que seja vazia de mim mesma, porque o que preciso é ser cheia de Deus. Se for pra ser útil, que seja nas mãos de Deus, afinal, qual o nosso objetivo neste mundo? Ganhar dinheiro? Ter reconhecimento acadêmico? Ter sucesso em todas as áreas da vida? Não digo que isso seja desnecessário, não mesmo! Mas esteja certo de que suas prioridades estão corretas. "Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus" (I Co 10.31). Veja tudo isso como oportunidade de ser instrumento de Deus para pessoas diferentes e não para simplesmente cumprir expectativas de pessoas.
     Está orando por um emprego? Por uma universidade? Qual a sua intenção ao ir para esse emprego ou essa universidade? É expandir o Reino? Ou simplesmente "ser alguém na vida"? Faça o que for, mas deixe a música de Deus tocar através de você.
     As cobranças da sociedade nos deixam malucos. Calma! Seu objetivo não é reconhecimento, não é sucesso, não é riqueza. É fazer diferença para a eternidade! Aonde você for, onde você estiver, seja o "piano nos dedos de Deus" (desculpa, disse piano porque é o instrumento que eu amo, risos).
     Dê uma olhada neste vídeo.
     Tenha um excelente dia com o Pai!

2 comentários:

Maximiano disse...

Oi Thais, muito me honra ter alguém com a sua sensibilidade, como minha seguidora, se vc gosta de ouvir as coisas do evangélho procure estar conectado ao meu bog. e ainda no facebook meu twitter @de_gercino acesse e participa

Lídia Monteiro disse...

Que bênção, cunhada... Que nosso objetivo seja seguir o alvo, Cristo!!! Deus continue te abençoando e te dando mt sabedoria!